27/02/2015

Look: branco e vermelho


Oláaa, meninas! Tô super atrasada pra fazer meu almoço, então o post vai ser bem rapidinho kkkk #aquelas. Bem, fotografei esse look em Joinville logo depois de receber essa sapatilha super gracinha da Miucha. Como ela é vermelha, resolvi usá-la como "ponto de cor" e adotar o restante do look mais neutro (no caso, puxando pro branco): shorts de cintura alta + blusa de renda (minha paixãozinha). Para completar, gargantilha, colar e batom vermelho (s2).









Blusa de renda: Choies
Shorts de cintura alta: Chicnova
Sapatilha: Miucha
Colares: DIY




25/02/2015

Dicas de decoração: meu apê



Oiii, meninas! Faz quase um ano que postei aqui como tinha ficado meu cantinho depois da mudança pra floripa (lembram?). De lá pra cá, muuuita coisa mudou na maneira que eu organizo minhas coisas - tanto na questão de espaço quanto de agenda - e isso refletiu diretamente na decoração do meu apezinho, hehe. A essência continua a mesma, mas foram acrescentados objetos e mudei móveis pra deixar o ambiente mais espaçoso (o que é uma tarefa difícil, com um apartamento de poucos metros quadrados rs). 

Então, vou começar falando da sala. Coloquei estantes na parede da escrivaninha pra dar um destaque em coisas que ficavam muito coladas/escondidas, olhem só:


Recordações da minha viagem (quero de volta!)


Porta-retratos pra lembrar de pessoas importantes pra mim s2

Aparador de livros da Casa Pop e meu lêmore (?) de pelúcia que comprei na Disney.

Acima do meu mapa, pendurei fotos que recebi da Florir Ateliê. Dá pra fazer suas próprias fotos como se tivessem sido tiradas em Polaroid, muito amor!

Minha máquina de costura parceira da vida e um pôster lindjo da Amanda Mol.

Mais um pôster, dessa vez da Farofa Fofa e no corredor. Tô apaixonada por essa "Lady Coca", que junta o clássico da pintura ao moderno da Coca Cola (s2).

Na escrivaninha, tirei vários objetos que ocupavam espaço e deixei só o necessário. Menos é mais, especialmente quando se trata de um ambiente de trabalho!
Quadrinhos bem no estilo "moda" (nem amo, né? hehe)


Já no quarto, mudei a cama de lugar (pra frente da janela), colei adesivos de envelope (sim!) na parede pra dar um efeito diferente, adicionei estantes, quadros de fotos e uma sapateira.


Essa foi uma das melhores ideias de todas! Meus colares viviam enrolados na gaveta, mas agora eles estão penduradinhos e duper organizados nesse cabide com pregos.

Nessas estantes, estão meus cheirinhos favoritos (o perfume que mais uso é o primeiro, Jeanne Lanvin Couture) e minhas maquiagens no bauzinho.

Organizei meus sapatos nessa sapateira e coloquei florzinhas de plastico entre os arames pra ficar mais fofo, hehe.


Na cozinha, a novidade ficou por conta dos novos utensílios - como a fritadeira sem óleo (tô a-pai-xo-na-da e viciada nela! Dá pra fazer tudo gente, baita investimento), a frigideira fofa e as espátulas penduradas.


Na geladeira, também colei adesivos de envelope. Os imãs da Audrey e de fotos estilo Polaroid dão um charme a mais! Essas também são fotos minhas e os imãs personalizáveis foram feitos pela Florir Ateliê.




E aí meninas, gostaram das dicas? O que vocês acharam da decoração do meu apezinho?



22/02/2015

4 lições que aprendemos com o estilo boho/gypsy



A tendência de moda inspirada no misticismo e no estilo livre dos ciganos, conhecida por boho chic e/ou gypsy, já não é novidade por aqui, né? Já falei muitas vezes sobre o estilo (tanto em looks quanto em posts de inspiração e comprar online), mas agora chegou a hora da verdade, hehe. Depois de ver várias meninas vestindo a trend por aí, me veio na cabeça que ela deixou muitos preconceitos de lado no que se refere ao mundo da moda em si e a como fazemos uso dessa moda no nosso dia a dia. O boho/gypsy foi e é, ao mesmo tempo, causa e consequência de diversas outras tendências que surgiram em meio a essa necessidade de um resgate aos anos 70 e da busca de uma vida mais relax e com a presença da natureza.

Pensando nessa influência, separei 4 "lições" que podemos tirar do estilo e aderir em nosso cotidiano. Vejam só:


1. Não tenha medo de misturar estampas e texturas.

À medida que iam conhecendo novos lugares - por causa da característica nômade dos povos ciganos - foram sendo apropriados diferentes materiais, formas e cores às vestimentas de seus integrantes. Assim, o que conhecemos hoje por estilo gypsy mistura estampas (sendo ou não de mesmo tom - as mais conhecidas são as florais, étnicas e o cashmere) e texturas (como transparências, rendas e bordados), o que gera um resultado muito rico e interessante.




2. Ombros, barriga e pernas à mostra? Sim!

Combinado com um toque hippie dos anos 70, o estilo boho/gypsy também prega um estilo de vida mais leve e natural, livre dos pudores existentes na sociedade. Por isso, podemos encontrar muitas peças que deixam partes do corpo à mostra, como ombros, pernas e barriga, mas que, ao mesmo tempo, são larguinhas e/ou fazem combinações com outras mais "comportadinhas". Na segunda foto, por exemplo, a modelo usa um top cropped justinho, mas tem uma saia longa na parte de baixo. É o famoso "sexy sem ser vulgar".




3. Fuja do óbvio e aposte em tecidos diferentes.

Se tem uma coisa que eu sou a-pai-xo-na-da no estilo é que podemos juntar tecidos + formatos de roupas e resultar em peças que tinham deixado a moda por muito tempo! A camurça, por exemplo, foi febre nos anos 70 e, agora, pode ser encontrada em jaquetas e calças (fica super bem tanto em calças skinny quanto nas modelos flare). Já o veludo também volta, não mais simbolizando apenas o estilo gótico dos anos 80 e 90 (apesar do "gótico suave" estar em alta haha), mas também dando um toque mais sofisticado em blusinhas, vestidinhos e outros.




4. Invista nos acessórios.

E, por fim, mas não menos importante: muitos, muitos acessórios! Com pedrarias, moedas e metais, é possível misturar colares, hair chain, anéis e pulseiras sem ter medo do exagero! Lenços, chapéus e óculos também entram nessa onda.



E vocês, meninas, concordam com essa lista? Incluiriam algum outro item?



17/02/2015

Look: nothing but a song



E aíi, meninas! Como estão passando o Carnaval? Aqui na Ilha tá tudo susse, tirando essa chuvinha que desanima qualquer um :/ 

Bem, comecei a escolha do look de hoje por esse shorts de cintura alta, que tem uma estampa meio retrô. Ele é da OASAP e foi paixão à primeira vista! Tão amorzinho (s2).

Já que o shorts tem estampa, resolvi equilibrar o look com com blusinha cinza, que é super curinga no meu guarda-roupa. Uso direto! É aquela peça que se usa quando você não está inspirada/com saco de pensar em alguma coisa diferente pra vestir haha. Finalizei com sapatilhas vermelhas (que tem um tom presente no shorts), colares e brincos de coruja da Enough e chapéu pra dar aquele "tchâm" hehe.

Espero que curtam!










Chapéu Coco: RoseWholesale
Shorts: OASAP
Blusa: Renner
Sapatilha: Riachuelo
Colar e brincos: Enough



15/02/2015

Resultado do sorteio em parceria com a Farofa Fofa!



E aíiii, meninas! Preparadas pra saber quem foi a sortuda que vai levar pra casa um pôster lindo lindo da Farofa Fofa?? 

Tchâm tchâm tchâm tchâm...



E a vencedora foi a Júlia Miranda, que curtiu todas as regras solicitadas! Parabéns, Júlia! Entraremos em contato o mais breve possível, fique atenta em seu e-mail e/ou facebook!


Obrigada a todas que participaram! Em março, tem mais!


13/02/2015

DIY: kimono



Obaaa! Depois de muito (muito!) tempo, finalmente sai hoje mais um tutorial de costura aqui pra vocês hehe. E a peça escolhida da vez tá bombando no nosso verão e tem um lugar super especial no meu coração (não era pra rimar, porém... kk): o kimono. Vocês não tem ideia da facilidade que é pra fazer, gente! Eu até pensei em elaborar o post no formato de vídeo, mas acredito que seja melhor de entender por fotos mesmo.

Então, é só escolher um tecido levezinho (usei chiffon) e mãos à obra! 


1. O primeiro passo é fazer o molde no papel craft. Para isso, tire as seguintes medidas de acordo com seu corpo:

I. Medida de ponta à ponta das mangas (a minha deu 80 cm)
II. Largura das mangas (a minha deu 25 cm)
III. Comprimento da manga a partir do "corpo" do kimono (a minha deu 15 cm)
IV. Medida do fim da manga até o final do kimono (a minha deu 52 cm)



2. Depois, dobre o tecido em dois, de maneira que a parte "dobrada" fique no lado superior, e corte.
  


3. Faça um pequeno corte apenas na parte da frente do tecido, para que o kimono possa abrir. Em seguida, faça uma costura de acabamento tanto nessa abertura quanto na parte inferior do kimono e na mangas (somente na parte que irá ficar aberta).



4. Agora, passe uma costura em zig zag (ou, se tiver, na overlock) na parte pontilhada.




E... prontinho!






Gostaram, meninas? Já quero fazer com mais tecidos e ser a rainha dos kimonos hahaha.

Me mandem depois os resultados das peças de vocês, por favor (=