22/02/2015

4 lições que aprendemos com o estilo boho/gypsy



A tendência de moda inspirada no misticismo e no estilo livre dos ciganos, conhecida por boho chic e/ou gypsy, já não é novidade por aqui, né? Já falei muitas vezes sobre o estilo (tanto em looks quanto em posts de inspiração e comprar online), mas agora chegou a hora da verdade, hehe. Depois de ver várias meninas vestindo a trend por aí, me veio na cabeça que ela deixou muitos preconceitos de lado no que se refere ao mundo da moda em si e a como fazemos uso dessa moda no nosso dia a dia. O boho/gypsy foi e é, ao mesmo tempo, causa e consequência de diversas outras tendências que surgiram em meio a essa necessidade de um resgate aos anos 70 e da busca de uma vida mais relax e com a presença da natureza.

Pensando nessa influência, separei 4 "lições" que podemos tirar do estilo e aderir em nosso cotidiano. Vejam só:


1. Não tenha medo de misturar estampas e texturas.

À medida que iam conhecendo novos lugares - por causa da característica nômade dos povos ciganos - foram sendo apropriados diferentes materiais, formas e cores às vestimentas de seus integrantes. Assim, o que conhecemos hoje por estilo gypsy mistura estampas (sendo ou não de mesmo tom - as mais conhecidas são as florais, étnicas e o cashmere) e texturas (como transparências, rendas e bordados), o que gera um resultado muito rico e interessante.




2. Ombros, barriga e pernas à mostra? Sim!

Combinado com um toque hippie dos anos 70, o estilo boho/gypsy também prega um estilo de vida mais leve e natural, livre dos pudores existentes na sociedade. Por isso, podemos encontrar muitas peças que deixam partes do corpo à mostra, como ombros, pernas e barriga, mas que, ao mesmo tempo, são larguinhas e/ou fazem combinações com outras mais "comportadinhas". Na segunda foto, por exemplo, a modelo usa um top cropped justinho, mas tem uma saia longa na parte de baixo. É o famoso "sexy sem ser vulgar".




3. Fuja do óbvio e aposte em tecidos diferentes.

Se tem uma coisa que eu sou a-pai-xo-na-da no estilo é que podemos juntar tecidos + formatos de roupas e resultar em peças que tinham deixado a moda por muito tempo! A camurça, por exemplo, foi febre nos anos 70 e, agora, pode ser encontrada em jaquetas e calças (fica super bem tanto em calças skinny quanto nas modelos flare). Já o veludo também volta, não mais simbolizando apenas o estilo gótico dos anos 80 e 90 (apesar do "gótico suave" estar em alta haha), mas também dando um toque mais sofisticado em blusinhas, vestidinhos e outros.




4. Invista nos acessórios.

E, por fim, mas não menos importante: muitos, muitos acessórios! Com pedrarias, moedas e metais, é possível misturar colares, hair chain, anéis e pulseiras sem ter medo do exagero! Lenços, chapéus e óculos também entram nessa onda.



E vocês, meninas, concordam com essa lista? Incluiriam algum outro item?



2 comentários:

  1. Adoro esse estilo, mesmo não usando tanto!
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  2. amo tanto este estilo <33333
    beijinhos, Rê
    http://blogsonhosdeverao.com.br

    ResponderExcluir