13/07/2015

Favoritos de julho!

E aíii, meninas! Como estão passando de férias? Eu tô numa preguiça danada aqui, só aproveitando pra colocar as pendências em dia hehe. Bem, eu li todos os comentários de vocês naquela pesquisa de opinião que eu postei faz um tempinho e o que eu notei foi que vocês gostariam de ver mais posts pessoais, nos quais eu falo sobre coisinhas aleatórias que eu curto, séries, estilistas, músicas, dia a dia, né? Pois então, surgiu a ideia de fazer uma tag "favoritos" de cada mês, a qual reuniria tudo isso, de uma forma bem breve e gostosa de ler. Acredito que seja uma maneira bem legal de vocês me conhecerem melhor, hehe.

No final, vocês me contam se curtiram a ideia nos comentários (=



Alexander McQueen / Resort 2016: Gente do céu, que coleção maravilhosa é essa? Tão mágica, tão cinquentinha + setentinha, tão glamurosa, camponesa e street ao mesmo tempo! Eu não tenho nem palavras pra descrever essa lindeza, chega a ser surreal como ela reúne vários elementos que eu gosto numa coleção só! Aqui são quatro looks que eu mais gostei: o primeiro tem um trabalho maravilhoso de aplicações, o segundo bem casual sem ser óbvio (usaria agora!), o terceiro num comprimento bem anos 50 e flores que têm um aspecto de bordadas (se alguém souber o que é exatamente, me fala please hehe) e, o último, numa modelagem com ombros aparecendo e linhas que vão se abrindo ao longo do vestido. Destaque para os cintos e creepers (!!) incríveis (s2). O resto da coleção, vocês podem conferir no site da Vogue.





Playlists clássicas no Spotify: Quando você começa a fazer um curso relacionado às Artes, vai perdendo o preconceito com diversas questões, como músicas, ideologias e modo de se vestir (pelo menos, foi isso que está acontecendo comigo). Eu comecei a ouvir música clássica por acaso, enquanto navegava pelo Spotify, e descobri uma ótima técnica pra me deixar mais concentrada e, ao mesmo tempo, me permitir viajar em pensamentos (meio louco, eu sei haha). Agora, sempre quando eu tenho mil desenhos pra entregar, coloco uma das playlists e, só de ouvi-las, fico muito mais calma, relaxada, conseguindo acabar tudo no prazo. As playlists que eu mais gosto são: "Clássico Para O Trabalho", "Indie Classical" e "Perfect Concentration" #fikdik.




Trabalho de Desenho - Tema Woodstock: Esse é velhinho, mas foi um trabalho de fim de semestre pra disciplina de Desenho, no qual precisávamos desenhar 9 croquis nus e 9 croquis vestidos, de acordo com um tema escolhido por nós. Eu escolhi Woodstock e fiquei muito feliz por poder trabalhar em cima de um tema que eu gosto tanto! No fundo, ainda coloquei Jimi Hendrix, Janis Joplin e Joe Cocker no palco (s2). Pena que a qualidade da imagem não ficou tão boa pra poder ver os detalhes, mas tá valendo!




Look da Andy: Aiii, que combinação incrível! Eu tô amando essa volta das saias com botões frontais (acho que já disse aqui rs) e essa escolha pelo modelo na cor preta deixou o look super atual! O blazer também é um show à parte, muito elegante e jovem. Pra completar, nada mais que uma blusinha "podrinha", bolsinha de franjas, alpargatas e óculos ~apenas~ Dior. Vocês podem conferir mais fotos do look no blog dela




A Incrível História de Adaline: Ok, esse filme já não é mais muita novidade, mas eu achei que ele merecia um lugar no post por motivos de: história fofa, figurino genial e atores lindos perfeitos (Blake Lively dispensa apresentações, mas o ator principal eu não conhecia - Michiel Huisman). Segundo a sinopse do filme, 

"Adaline Bowman (Blake Lively) nasceu na virada do século XX. Ela tinha uma vida normal até sofrer um grave acidente de carro. Desde então, ela, milagrosamente, não consegue mais envelhecer, se tornando um ser imortal com a aparência de 29 anos. Ela vive uma existência solitária, nunca se permitindo criar laços com ninguém, para não ter seu segredo revelado. Mas ela conhece o jovem filantropo, Ellis Jones (Michiel Huisman), um homem por quem pode valer a pena arriscar sua imortalidade." 

Ou seja, ele até tem um final meio previsível (que eu não vou contar, é claro), mas o filme passa tanta verdade, tanto amor, que vale muuuuito a pena ver.



E aí, meninas, gostaram das dicas/favoritos? Vou tentar fazer mais resenhas parecidas nessas férias, vocês curtem?

Um comentário:

  1. Oi Barbara adorei o trabalho de desenho sobre Woodstock, meu pai tem um dvd de uma das edições desse festival kkkkk, e os looks do desenho são demais ♥

    ResponderExcluir